sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Dos teus 9 meses

Uns diazinhos antes de fazeres 9 meses começas-te a gatinhar na perfeição (e para a frente, não para trás como outros bebés). Mas só no dia 30, depois de virmos de casa da tua madrinha e de dar os parabéns ao Afonso, nos mostras-te o tão bem que gatinhavas. Depois em conversa com a auxiliar é que ela disse que se tinha esquecido de nos dizer que já gatinhavas á uns dias.

Gatinhas incrivelmente rápido, deves ter aprendido com o teu primo, vocês os dois parecem balas.

E não só aprendes-te a gatinhar logo na perfeição, como num único dia aprendes-te a pôr-te de pé em tudo o que é sitio. Seja apoiado em nós, seja na tua cama (que, by the way, só serve mesmo de parque nos minutinhos em que precisamos que estejas quieto e em segurança), seja no móvel da sala, tudo. E adoras!!!

Dás gritinhos e sorrisinhos de alegria quando, a gatinhar, sais da manta que temos para ti na sala e tocas com as mãos no chão. É o tipo de satisfação de "que fiiiiiixe, isto é mesmo estranho, novo, excitante, yey!". Fazes o mesmo quando estás a ir em direção ao móvel da sala, já a antecipar pôres-te de pé, do tipo "queres ver o que vou fazer? Queres???".

Se te segurarmos as mãos e te pusermos de pé queres é andar com uma rapidez maluca e aos gritinhos de alegria.

Felizmente já estás a comer melhor conosco. E ainda bem, porque já andava a bater mal, assim estou mais descansada.

Segunda-feira vais ao pediatra para ver como andas. Tens tido umas pontinhas de febre aqui e ali, espero que seja só dentes, porque não tens mais sintoma nenhum.


Tens tido uns dias em que andas parece que molinho. Mal sorris, pareces ensonado, não ligas a brincadeiras nem queres grandes conversas. Fico preocupada mas depois melhoras. Deixo de ficar preocupada mas depois voltas a ficar assim. Espero que não estejas a "chocar" nenhuma, já basta depois de melhorares da enorme constipação que durou 2 meses estares a ficar novamente com tosse e expetoração. Não tens tido descanso nenhum..

Continuas meiguinho como um cordeirinho quando queres mimos. Chamas "mamã" e aninhas-te a mim. Ficamos ali os dois, abraçados, no colo um do outro. Nos braços um do outro. E sabe-me tão bem, filho. Sinto o teu cheirinho, sinto a tua pele contra a minha. Acaricio-te os cabelos tão grandes que já estão. Olho para a tua cara, já de menino, não tanto de bebé.

Estás a ficar grande, filho. E cada dia aprendes algo diferente. E é tão bom poder fazer parte da tua vida. Ser a tua mãe.

Amo-te, amo-te, amo-te. Digo-te isto ao ouvido todos os dias. Olho-te nos olhos e digo-o com sinceridade. Amo-te. Amo-te mais do que á vida. Amo-te mais do que a mim própria. Mudas-te a minha vida. Mudaste-me a mim. Fizeste de mim uma nova mulher. Fizeste-me descobrir uma mulher que eu não sabia existir, não sabia ser. Fizeste-me ser melhor, querer ser melhor.

Tu és aquele. És o meu menino. E eu amo-te mais do que algum dia poderás imaginar.


3 comentários:

ML disse...

Que lindo! Só conquistas que nos preenchem o coração não é? :)

Katy disse...

Sem dúvida!!

Alexandra S. disse...

que post maravilhoso :)