quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Morta, matada, morrida.

Tantas vezes que usei esta expressão.. ainda eu não tinha vivido o dia de hoje! Depois do gigante dia de ontem, hoje estou literalmente morta-matada-morrida. Doi-me tudo, desde a cabeça até ás unhas dos pés.

Vou ali estantelar-me na cama, até amanhã (o R. fez o jantarinho ontem, cheira-me que vai fazer hoje também..)

5 comentários:

Orquídea Branca disse...

bom descanso :)

C disse...

Vai descansar que (pelo que parece) bem precisas :D

Beijinhos

Pobre(o)Tanas disse...

Deixa... quando ele nascer isso passa AHAHAHAHAH mas pronto ainda nao nos recompusemos de uma gravidez e temos o parto, ainda nao nos recompusemos do parto e temos noites em claro... and so on... LOOOOOL

Katy disse...

Deitada parece que ainda me custa mais.. tou lixadinha pah! Depois ele mete-se a dar-me pontapés nas costelas.. não me dá descanso, este rapaz.

Pobre(o)Tanas, e será assim para o resto da vida!! :)

Neuza disse...

Espero que estejas melhorzinha!!! De vez em quando faz bem aos maridos fazerem o jantar...é para não esquecerem o quão bom é cozinhar!!!