sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Dos gatos

Enquanto tenho o orgulho de ter um gato super sociável, que quando o homem da Zon cá esteve não lhe largou o cú, andou sempre atrás dele e cheirou-o de alto a baixo, tenho a "tristeza" de ter uma gata que todos cobiçam, todos dizem ser linda, todos desejam tocar naquele pêlo que parece feito de seda, mas que é má como as cobras e agora até pra nós.
Não sei que lhe faça. Desde que ficou com o cio, tornou-se ainda mais bixo do mato. Agora nem o Hunter pode passar ao pé dela, e mesmo que passe bem longe ela começa logo a "assubiar" pa ele saber que não pode ir ao pé dela. Ele bem tenta brincar, bem tenta deitar-se enroscadinho a ela, bem tenta dar-lhe mimo, mas leva sempre uma tareia. E que tareia!!! Ás vezes até as unhas dela lhe ficam cravadas na pele, até dói só de ver. O coitado do bixano simplesmente baixa a cabeça, faz uns olhinhos ofendidos e tristes, e vem ter conosco. Tipo bebé. "Mãe, ela fez-me mal e eu não entendo porquê".

Mas ainda assim nos gabávamos dela, de ser um mimo conosco e nunca nos deitar as garras. NUNCA aquela gata nos mostrava as unhas, só mesmo em brincadeira. Até podia assanhar-se a nós, mesmo no nosso colo, mas nunca se atrevia a fazer-nos mal.
Pois bem, agora não tem problema nenhum com isso. E eu, grávida, não posso ser arranhada por ela. Portanto mal tenho contacto com ela, evito-a ao máximo, o que me parte o coração. Parte-se-me ainda mais por olhar para ela e saber que quando o Tomás nascer, ela vai ficar ainda pior. Se ficou uma besta quadrada que ninguém lhe punha a vista em cima quando se teve de adaptar ao Hunter, imaginem quando um ser desconhecido, que faz uns barulhos estranhos, lhe rouba toda a atenção.

Tenho medo. Não por mim, porque se alguma vez ela tentar fazer mal ao Tomás eu nem respondo por mim e sou capaz de lhe dar uma tareia, mas pelo Tomás. O medo de não conseguir evitar isso, de quando olhar já ser tarde demais e ele estar ferido, de ter que tomar uma decisão em relação a ela que não quero tomar, de ter que me desfazer da "minha mais velha". Eu amo realmente aquela gata, tal como amo o Hunter. Pasme-se quem quiser, fiquem aí horrorizados por estas palavras, mas eu amo os meus animais, como se fossem familia. E custa-me muito escrever que algum dia posso ter de me desfazer da Sheva, tanto que nem o digo em palavras. Mas penso no meu filho. O que é do meu sangue, o que me dá pontapés, o que vai sair do meu corpo. Sem dúvida alguma que se sentir que ele pode estar em perigo com ela nesta casa, não pensarei duas vezes. Porque eu até podia dizer que depois nunca os deixo sozinhos, que tenho sempre cuidado, etc. Mas não quero que o meu filho se sinta inseguro dentro da própria casa. Não quero que ele, se um dia estiver na sala e eu na cozinha, deixe de vir ter comigo porque viu a gata no corredor e tem medo.

Custa-me tanto dizer isto.. mas tenho de pensar em tudo. Deus queira que ela seja como alguns casos que tenho lido, em que os animais mudam completamente e até protegem o novo elemento da familia, mas vendo como ela é parece-me pouco provável. E tenho de pensar em tudo.... A pergunta é: faço depois o quê? Ela não gosta de ninguém sem ser de nós. É agressiva para toda a gente, TODA A GENTE. Portanto dá-la a uma pessoa de confiança em que sei que será bem tratada está fora de questão. Abandoná-la? Nem pensar. Não sou capaz, nem ela sobrevivia, nunca esteve "á solta". Abatê-la? MUITO MENOS! Nem pensar mesmo. Portanto faço o quê? Qual é a alternativa que tenho, se chegar um dia a ter de tomar uma decisão em prol do bem estar do meu filho? Como é que arranjo uma solução para ficar com o meu filho, e a "minha mais velha"?

Não sei se notaram, mas isto está a dar-me cabo do juízo....

11 comentários:

OrquideaBranca* disse...

bem :s a minha gata reagia assim com a própria filha :S a nós nunca nos fez mal...mas à filha bufava, rosnava, miava...sei lá...virava leoa em vez de gatinha linda que era....
a´te que desapareceu e nunca mais a vimos (tristeza :'(((( )

Pobre(o)Tanas disse...

As minhas ainda só cheiraram o carrinho pois tb querem é rua. Só lhes ponho a vista em cima à noite ou quando vêm comer. Os cães só a viram ao colo e por enquanto é assim que a vão ver! Um dia faço melhor as apresentações. Uma destas noites sonhei que o meu Pablo brincava com a miuda e a magoava sem querer (a imagem foi pior que isto mas nem vou contar) e acordei a gritar. Olha vale mais prevenir é o que penso e então ainda não se fizeram apresentações de jeito! Ninguém ama mais os meus bichos que eu e estou como tu, as gatas vivem comigo ainda antes do meu homem, e custa-me mas pronto tudo se ajeita!

Katy disse...

O que me custa é ela ser de casa. Se estivesse habituada a estar na rua era outra coisa, mal a via, mas ela vive em casa conosco e nunca saiu.. isto está mesmo a dar-me cabo dos miolos, não sei como vou fazer...

OrquideaBranca* disse...

linda, a filhota da minha gata acalmou muito quando começou a tomar a pílula, ela atava-nos, só queria brincadeira e acaba por nos aleijar...a minha sogra começou a dar-lhe porque ela esfregava-se em tudo o que era canto e miava miava miava...então desde que começou a tomar a pílula que só quer mimo...não anda com o cio nem nada...anda mesmo calminha!!!

experimenta dar-lhe também...compra na farmácia!!!

Katy disse...

Orquidea, eu no ano passado pensei nisso, não dei porque o vet alertou-me que o risco de causar cancro na mama era elevado. Sinceramente não sei que faça...

Lígia disse...

E o vet nunca aconselhou a esterilização? Se for esterilizada nunca mais tem ansiedades relacionadas com o cio... Possivelmente, ficará bem mais calma!
Acima de tudo, aconselho a esterilização, mas, como a decisão cabe ao dono, e a tua é uma gatinha de casa, mimada e bem tratada (faz-me muita confusão é quando são gatas de rua e andam a vida toda a ter ninhadas atrás de ninhadas...), podes sempre experimentar este produto: http://www.tiendanimal.pt/controlo-estresse-feliway-difusor-p-1776.html
Uma amiga acalmou a ansiedade e agressividade do gatinho assim! Há muitos testemunhos em como resulta! Experimenta ;)

Katy disse...

Lígia, sim ele falou-me logo na esterilização, mas são perto dos 150€ e não tenho esse dinheiro para dar.. se fosse como castrar, que são 60€, ainda podia fazer esse esforço financeiro, mas 150€ é muito e não temos mesmo essa possibilidade!
Vou falar com o vet sobre isso, parece-me interessante! Realmente ela anda mesmo desnorteada, isola-se completamente.. :S

Níxia disse...

A minha gata "mais velha" tb quando sai do cio fica bicho bravo e dou-lhe apenas 1/4 de pilula para acalmar quando o cio está muito forte, e só apenas quando está impossível de aturar...
Quando passa fica assim.. bufa para tudo e todos e n quer que lhe toquemos.
Não te deixes ficar por 1 so preço de veterinário...
Liga para o Hospital veterinário da faculdade de medicina veterinária e pergunta os preços que praticam (é seguro e são sempre assistidos por médicos veterinários professores)...
A liga dos animais tem várias clinicas que os preços são mais acesíveis...

Um amigo meu esterilizou o gato dele por 30 eur num veterinário de uma Asscociaçã de animais na zona de Torres Vedras e as das gatas n ficavam muito mais caras...
Bem, são só ideias.. diz-se que elas ficam muito mais calmas depois disso...

Quanto ao Tomás, outro dia li um artigo que me lembrei de ti.. sobre gatos e a chegada de bebés... se quiseres dou-te o link! ;)


kiss e n stresses porque tudo tem solução, tudo se resolve ***

Katy disse...

Níxia, se puderes envia-me o link, gostava de ler :)
Só lhe dás o comprimido mesmo depois do cio? Quantos dias?

Níxia disse...

Katy só lhe dou 1/4 de comprimido quando elas começam num estado lastimavel de miar desenfreadamente e de cortar o coração de tanto "sofrimento"... regra geral, depois do comprimido, fecho a gata numa divisão tranquila, com todas as comodidades da menina, e ela acaba por adormecer e ficar tranquila!
No dia seguinte, normalmente está de mau humor e chateada da vida, mas muito mais calma!!!

(só dou 1/4 de comprimido quando se justifica e uma só vez, até ao cio seguinte) Isto foi-nos dito por uma amiga veterinária que deu esta solução para acalmá-la já que a gata n se calava.. Agora, já são 2 gatas cá em casa, por isso já tenho estaleca de cio.. ;)

O link é este: http://guiadobebe.uol.com.br/como-preparar-o-gato-para-a-chegada-do-bebe/#.UP6eLkGH7hg.facebook

Katy disse...

Obrigada Níxia :D